Segundo a polícia, há três anos foi aberto um procedimento pelo crime de estupro de vulnerável e, em 2018, o padrasto voltou a abusar dessa mesma criança.

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de estuprar o enteado de 4 anos na manhã desta quarta-feira (13). O crime aconteceu nos anos de 2016 e em 2018, na capital. O caso estava sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Teresina (DPCA).

Segundo a polícia, há três anos foi aberto um procedimento pelo crime de estupro de vulnerável e, em 2018, o padrasto voltou a abusar dessa mesma criança e foi aberto outro procedimento criminal.

O gerente da Polícia Especializada, delegado Matheus Zanatta, informou que o suspeito continuava morando com a família, mesmo após o caso ter sido denunciado para a polícia. O delegado não informou se há criança permaneceu sendo abusada durante este tempo.

“Não sabemos se esses abusos eram constante. Somente houve um em 2016 e outro em 2018”, disse.

Fonte: G1