Polícia Civil investiga relatos de vítimas, que disseram terem sido abusadas por motociclista não identificado. Um suspeito foi preso, mas liberado por falta de provas.

Algumas mulheres procuraram a Delegacia Regional de Polícia Civil em Picos, Sul do Piauí, após terem sido apalpadas por um motociclista. O delegado Miguel Carneiro informou ao G1 nesta terça-feira (26) que alguns boletins de ocorrência foram registrados e os casos estão sob investigação.

Durante a denúncia, as vitimas relataram que o motociclista se aproximou, apalpou as nádegas delas e fugiu em seguida. “Várias mulheres denunciaram. Um suspeito foi preso no sábado (23), mas foi liberado em seguida por falta de provas que apontassem para a autoria”, informou o delegado.

“Ele foi pego caminhando enquanto o outro usa uma moto. Na casa dele não foi encontrada nenhuma moto e nenhuma das roupas descritas pelas vítimas. Nenhuma delas viu o rosto dele porque ele só agia de capacete então não tive elementos para prender esse homem em flagrante e tive que liberá-lo”, completou Miguel Carneiro.

Segundo o delegado, equipes estão em diligência para tentar identificar o autor dos crimes. “A investigação vai continuar e vamos tentar chegar até o criminoso”, afirmou.

Fonte: G1